Águas de Nascente

Nem todas as águas são iguais.

Águas de diferentes origens, mais ou menos profundas, com maiores ou menores tempos de circulação no subsolo, apresentam características diferentes. As Águas de Nascente são águas naturais que não sofrem qualquer tratamento químico, susceptível de alterar as características bacteriológicas e químicas.

De acordo com a legislação vigente o seu engarrafamento tem de ser realizado no local onde são exploradas e os aquíferos de onde provêm são obrigatoriamente dotados de perímetros de protecção, de forma a evitar qualquer tipo de poluição. Podem apresentar ligeiras variações das quantidades de sais minerais ao longo do ano, pelo facto de terem um tempo de circulação no subsolo relativamente curto.

As águas distinguem-se quanto ao total de sais dissolvidos, ou seja, quanto à soma de todos os catiões, aniões e sílica. Tendo em conta as quantidades de sais dissolvidos, a Água Serrana é uma água hipossalina. É uma água pouco mineralizada em que o total de sais dissolvidos não ultrapassa 50 mg/L.

A Água é um bem primordial, do qual todo o ser Humano depende para sobreviver. Por isso, torna-se essencial que mantenha inalteradas as suas características microbiológicas e químicas, de forma a preservar a sua qualidade natural.

Consciente de que a qualidade é um factor primordial, a Empresa Central Serrana de Águas, S.A. tem o seu sistema de qualidade certificado pela APCER desde 2002, segundo a Norma NP EN ISO 9001.

Também o seu Sistema de Gestão da Segurança Alimentar se encontra certificado pela APCER desde 2007, segundo regras e procedimentos constantes na Norma NP EN ISO 22000, tendo sido a primeira empresa do sector certificada segundo a referida norma.